Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Eficiência energética, um compromisso na Saint-Gobain

Segundo as Nações Unidas, na União Europeia os edifícios são responsáveis por 40% do consumo de energia, por 36% das emissões de CO2 e por 1/3 do consumo dos recursos naturais. Com um impacto ambiental a este nível, o sector da edificação tem que, de forma responsável e pró-ativa, implementar soluções que ajudem a preservar o nosso planeta e a melhorar a nossa forma de vida. 

A nível nacional, o governo português, tem claramente identificado, dentro do Plano de Recuperação e Resiliência, o desafio que a habitação portuguesa tem pela frente para atingir o objetivo de neutralidade do carbono em 2050. Verifica-se um grande número de edifícios com necessidades de melhoria, que se traduz num consumo excessivo de energia, chegando, em alguns casos, a falar-se de pobreza energética, pelo enorme esforço financeiro das famílias, que pretendem manter um bom nível de conforto em casa. Para resolver esta situação, o governo disponibilizará milhares de milhões de euros durante os próximos anos, para renovar e melhorar os edifícios mais antigos e torná-los mais energeticamente eficientes. 

Atualmente a Saint-Gobain assume como seu propósito o de tornar o mundo um lugar melhor para viver - “Making the World a Better Home”. Por isso, concentra os seus esforços no sentido de conceber, produzir e distribuir soluções que permitam, por um lado, a construção e renovação de edifícios mais eficientes e, por outro, a redução dos consumos energéticos do edifício ao longo do seu ciclo de vida, garantindo, por consequência, o conforto e o bem-estar de quem neles vive. 

Neste sentido, foram definidos três pilares fundamentais para alcançar estes objetivos, que assumimos também como nossos: 

- Eficiência energética dos edifícios tanto em obra nova, como na renovação, para assegurarmos o objetivo de descarbonização em 2050. Para isto, contamos por exemplo, com soluções para isolamento de fachadas ETICS da Weber com isolamento de lã ISOVER; assim como vidros de alto desempenho SGG CLIMALIT e SGG CLIMALIT PLUS® para janelas e fachadas de vidro com altas prestações energéticas. 

-Economia circular utilizando materiais e soluções que possam ser recicladas e que ajudem a minimizar o impacto ambiental, como por exemplo, o Webercol Flex Lev, adesivo multiuso da marca Weber, que utiliza mais de 30% de materiais reciclados na sua composição - vencedor do Prémio Cinco Estrelas na Categoria Cimento- Cola - e que prioriza a utilização de materiais reciclados, fomentando a arquitetura sustentável; 

-Saúde e conforto nos edifícios. Os edifícios têm o potencial não só de proteger as pessoas de todos os aspetos menos positivos do mundo exterior, como o ruído, o clima e a poluição, mas também de fazer com que cada um de nós se sinta mais feliz e nos permita viver, trabalhar e brincar em ambientes mais saudáveis. Assim, a Saint-Gobain comercializa os produtos Placo® da gama Activ’Air® que eliminam os formaldeídos no ar interior das habitações, mantendo uma ótima qualidade no ar interior. 

O nosso principal objetivo, enquanto líder mundial nos mercados de habitat e construção, passa por assumirmos a responsabilidade de incentivar a construção sustentável, face a questões como a urbanização acelerada, o crescimento da população mundial, a diminuição dos recursos naturais e as alterações climáticas. Para garantir o êxito deste percurso, o setor da edificação deve contar com a indispensável liderança das autoridades, que devem assegurar o financiamento de projetos e criar sistemas de incentivo que estimulem a procura de edifícios sustentáveis e de elevada eficiência energética. Só assim conseguiremos conquistar um novo motor de crescimento para relançar a Economia e a Sustentabilidade dos recursos do planeta, contribuindo assim, em última instância, para a melhoria da qualidade de vida coletiva. 

Também te poderá interessar